Visando a produtividade da Câmara, Emerson Jarude propõe regulamentação de apresentação de sessões solenes

por Juliana Queiroz publicado 20/10/2017 11h44, última modificação 20/10/2017 11h44

Ideia do vereador é que sessões tenham tempo de duração regulamentado para dinamizar os trabalhos da Casa Legislativa.

 

Procupado com a produtividade da Câmara Municipal de Rio Branco, o vereador Emerson Jarude (Livres), apresentou na manhã desta quarta-feira, 18, uma proposição para a regulamentação das apresentações das moções da Casa Legislativa.

 

A proposta do vereador é que a Câmara siga o mesmo ritual em todas as sessões: o vereador que apresenta a moção teria cinco minutos de fala e o homenageado também mais cinco minutos, totalizando o tempo de 10min em cada homenagem.

 

"O povo acreano é trabalhador, e sinto que homenagear as mulheres e homens que contribuem para o desenvolvimento de Rio Branco é uma das maiores honras que temos, isso com certeza não se discute! No entanto, já chegamos a ficar 1h30min em moções chegando a adiar votações importantes para a população.", afirma o vereador.

 

Em seu primeiro mandato, Jarude vem buscando colaborar com produtividade e economia da Casa Legislativa. O vereador reduziu os valores das próprias diárias de viagens, dos custos de seu gabinete e renunciou parte de benefícios financeiros.

 

"Sinto que dinamizar o trabalho da Câmara para que ela se torne cada vez mais produtiva é também homenagear a nossa sociedade que merece e precisa que a classe política trabalhe incansavelmente para mudar a nossa realidade", defende.

 

Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.