Vereadores participam da VII Feira do Peixe na capital

por Juliana Queiroz publicado 12/04/2017 11h20, última modificação 12/04/2017 15h43

Na manhã desta quarta (12) os vereadores de Rio Branco, presidente Manuel Marcos (PRB) e Mamed Dankar (PT) participaram da abertura da 7ª edição da Feira do Peixe e Agricultura Familiar da Semana Santa, que acontece no período de 12 a 15 de abril de 2017 na Central de Abastecimento de Rio Branco (CEASA) e nos mercados Elias Mansour, da Estação Experimental, do Bosque, da Seis de Agosto e Cidade do Povo, além de Peixeiros da Avenida Amadeo Barbosa, comunidades do Panorama e Quixadá e as feiras do Rui Lino e Conjunto Universitário. Na CEASA, o Mercado do Peixe irá comercializar o pescado, também esteve presente na agenda a prefeita em exercício, Socorro Nery. 


“Os mercados estão oferecendo produtos de qualidade e serviços de qualidade. O consumidor que realizar sua compra em um dos mercados municipais estará apoiando a economia local e garantindo um dos alimentos principais neste período. Eu recomendo que todos procurem pelo nosso pescado e apoiem nossos produtores”, disse Manuel.

 

Além dos novos locais, a expectativa para este ano é que sejam comercializadas 90 toneladas de pescado e 215 toneladas de produtos hortifrutigranjeiros, proporcionando geração de trabalho e renda, além de melhoria na qualidade de vida aos empreendedores envolvidos com o projeto. São esperados R$1,5 milhão de movimentação financeira com participação de 50 produtores familiares, 28 piscicultores, 11 empreendimentos da economia solidária e empresas privadas. Diversos tratadores ofertarão o serviço de limpeza do peixe aos clientes.


“O acreano pode garantir sua alimentação com produtos da melhor qualidade, pois não conheço outras pessoas mais dedicadas do que os nossos produtores. Reforço o que disse o presidente, pois adquirindo a oferta do pequeno e grande produtor, a economia circula dentro do Estado e podendo mostrar para visitantes de outras localidades a qualidade da produção do povo acreano”, destacou Dankar.


As vendas de peixe e outros produtos começam bem cedo, às 3h30, e vai até às 18h. O objetivo geral da feira é promover a exposição e comercialização do pescado e de produtos hortigranjeiros a um preço acessível à população, proporcionando a melhoria da renda aos produtores, piscicultores e comerciantes. Os participantes são os piscicultores, agricultores familiares, associações de produtores, cooperativas, empresas privadas comerciantes, atacadistas da CEASA, instituições parceiras, empreendimentos solidários e população em geral.

 

Victor Augusto / Ascom - CMRB

Fotos / Willian Oliveira

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.