Vereadora Elzinha Mendonça reafirma seu compromisso no combate ao feminicídio e a depressão

por Victor Augusto Farias publicado 13/03/2019 13h50, última modificação 13/03/2019 13h50

“Estamos ainda nos primeiros meses de 2019 e o número de casos de violência contra a mulher e os casos de feminicídio não param de crescer. Impossível subir na tribuna e não continuar batendo na mesma tecla! Infelizmente estamos passando por uma profunda crise que coloca o Acre como líder nesse ranking tão violento! É com muita tristeza que digo com veemência que todas essas mulheres perderam a identidade e viraram números de uma dolorosa e cruel estatística”. Foram com essas falas que a vereadora Elzinha Mendonça (PDT) reafirmou o seu compromisso na luta contra o feminicídio no Acre em sessão Plenária realizada na manhã desta quarta-feira (13) na Câmara dos vereadores de Rio Branco.

Durante a sessão a vereadora também se solidarizou com familiares e amigos do agente penitenciário morto ontem possivelmente por suicídio já que estava tratando uma depressão e chama a atenção dos agentes políticos para a problemática.

“Gostaria de usar essa tribuna também para me solidarizar com a família do agente penitenciário que teve morte prematura, segundo os colegas de trabalho o mesmo vinha tratando uma forte depressão, o que pode ter motivado sua morte. Infelizmente muitas pessoas tem perdido a guerra contra essa terrível doença. A depressão mata, é uma doença silenciosa que não escolhe cor, credo ou classe social. Nós como agentes políticos precisamos estar mais atentos a esta temática já que se trata de uma questão de saúde pública”, frisou.

“Desde o dia 1º de julho do ano passado é disponibilizado pelo Centro de Valorização da Vida o pedido de ajuda pelo número 188, que tem como objetivo a prevenção do suicídio. Do ano passado pra cá muitas medidas positivas foram tomadas, no entanto ainda não é suficiente, precisamos sempre fazer mais e procurar soluções. Conto com o apoio dos meus pares para que juntos possamos estudar saídas para esse fenômeno”, explicou.

 

Ascom Ver. Elzinha Mendonça

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.