Vereador João Marcos Luz visita terminais de integração dos ônibus e critica funcionamento

por Victor Augusto Farias publicado 12/02/2019 00h56, última modificação 12/02/2019 00h56

O vereador João Marcos Luz (MDB) tem como uma das prioridades do seu mandato fiscalizar, propor e cobrar da prefeitura de Rio Branco avanços para o transporte público da cidade. Na tarde desta segunda-feira, o parlamentar visitou dois terminais de integração. De acordo com ele, os altos valores da obra e a pouca efetividade destes terminais não atendem às necessidades da população.

“Agora à tarde visitei alguns terminais de integração dos ônibus, aliás, não são terminais de integração. São terminais de baldeação, parada de luxo, qualquer nome, menos integração porque não integram nada. Infelizmente a Prefeitura de Rio Branco fez um mau investimento. São obras sem planejamento, gastaram uma quantidade absurda de dinheiro. No final das contas, só atrapalha o cotidiano dos usuários que muitas vezes se atrasam por conta das paradas nos terminais”, criticou.

Atuante, Luz também propôs uma solução para  que o dinheiro investido ainda seja benéfico aos rio-branquenses. “Sugiro que esses terminais sejam transformados em MINI CEASAS para atender os produtores rurais e a comunidade, principalmente, da parte alta da cidade”, apontou.

O valor da obra de somente um terminal e as poucas integrações realizadas explica o descontentamento do vereador. Em matéria do site da prefeitura foi divulgado que o Terminal de Integração do Adalberto Sena custou R$ 647.525,63.

Felipe Hid

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.