Vereador Dankar destaca sanção da lei que cria Conselho Federal e Regional dos Técnicos Agrícolas

por Juliana Queiroz publicado 02/04/2018 11h13, última modificação 02/04/2018 11h13

O vereador Mamed Dankar (PT), durante pronunciamento na Câmara de Rio Branco, na manhã de terça-feira, 27, destacou a sanção, pelo presidente da República, da Lei 13.639/2018, que institui a criação o Conselho Federal e Regional dos Técnicos Agrícolas.

“Quero parabenizar os Técnicos Agrícolas por mais esta vitória significativa. Foi uma vitória do trabalho, da persistência e da convicção de todo esses profissionais. No Brasil são aproximadamente 100 mil técnicos agrícolas, portanto, nada mais justo que um conselho próprio para direcionar e fiscalizar essa importante atividade”.

O parlamentar lembrou que atualmente, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) é quem normatiza a atuação da categoria. Com a aprovação do projeto, eles deixarão de fazer parte desse sistema e formam um conselho só para técnicos, à parte dos engenheiros e agrônomos.

Dankar falou ainda sobra a abertura da 8ª Edição da Feira do Peixe e Agricultura Familiar da Semana Santa em Rio Branco. A feira acontece entre os dias 27 a 30 de março. “A exemplo do que aconteceu em edições anteriores, este ano, a Feira do Peixe acontece na CEASA e mais oito pontos espalhados pela capital: mercados Elias Mansour, da Estação Experimental, do Bosque, da Seis de Agosto e da Cidade do Povo, além de peixarias da Avenida Amadeo Barbosa e na região do Panorama e Conjunto Universitário”.

O vereador pontuou que a “expectativa é de receber 90 mil visitantes e comercializar cerca de 60 toneladas pescado e 250 toneladas de produtos hortigranjeiros, atingindo uma movimentação financeira da ordem de R$ 1,7 milhão”, finalizou.

A feira

A 8ª edição da Feira do Peixe da Semana Santa e Agricultura Familiar de Rio Branco envolve 100 produtores rurais, 45 piscicultores e 30 empreendimentos da Economia Solidária, além da iniciativa privada. O principal objetivo do evento é promover a exposição e comercialização do pescado e de produtos hortigranjeiros a um preço acessível à população, além de melhorar a renda dos produtores, piscicultores e comerciantes.

 

Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.