Jarude avalia primeiro ano de mandato: “Foi intenso, e também uma preparação para o trabalho dos próximos anos”.

por Juliana Queiroz publicado 21/12/2017 19h20, última modificação 21/12/2017 19h18

Com o encerramento das sessões na Câmara Municipal de Rio Branco, o vereador Emerson Jarude (Livres) faz uma análise do primeiro ano de mandato: “Foi intenso, e também uma preparação para o trabalho dos próximos anos”, declara.

Assumindo uma postura independente, Jarude participou de votações polêmicas desde as primeiras semanas de mandato. Apoiou a abertura da CPI do Transporte Público e votou contra o aumento da passagem, ocorrido em fevereiro.

“Em nossas votações, mantivemos a coerência de votar a favor dos interesses da população, e votamos a favor de todos os projetos que previam reajuste salarial para os servidores públicos do município.”, conta.

Também na Câmara, apresentou mais de 40 requerimentos, decretos e projetos. E apesar de ter sofrido derrotas, como quando a maioria dos vereadores rejeitou o projeto de sua autoria que dispunha sobre o fornecimento de contas municipais impressas em braile, conseguiu aprovar algumas de suas propostas. 

 Entre os projetos aprovados estão à inserção do símbolo do autismo nas placas de atendimento prioritário, a Plataforma Virtual para fiscalização de obras públicas, a inserção da Causa Animal da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2018, e a Criação da Comissão Especial de Defesa dos Animais.

Custos

Ao longo do ano, o gabinete do vereador comprometeu-se em ser um dos mais econômicos da Câmara, e reduzindo pela metade os gastos com combustível, aluguel de veículos e serviços gráficos resultando em uma economia de mais de R$ 100 mil reais.

O vereador também reduziu quase 50% o valor das próprias diárias de viagens. O objetivo, é que ao final dos quatros anos do mandato, a economia seja de mais de R$ 500 mil reais.

Caravana

A Caravana da Fiscalização, projeto idealizado pelo vereador, visitou os mais de 200 bairros da capital fazendo mais de 3.500 mil indicações de melhorias de infraestrutura como asfalto, iluminação, limpeza e saneamento básico e outras demandas.

A próxima etapa da Caravana envolverá as escolas municipais e os postos de saúde da capital. Jarude explica que já estão sendo preparados relatórios para que seja feita uma análise técnica e precisa.

Revogaço

Com o objetivo de modernizar e organizar as leis do município de Rio Branco, revogando as que estão em desuso, ou que perderam a necessidade de aplicação, o gabinete de Jarude iniciou uma ação inédito na Câmara denominada “Revogaço”.

O procedimento iniciou-se no mês de novembro com a catalogação de todas as leis municipais de 1963 até 2006. Com esta primeira fase encerrada, será aberta uma comissão para revogar as leis municipais em desuso.

Eleição 2018

De acordo com Jarude, os pedidos para que dispute a eleição em 2018 são constantes. No entanto, assumindo compromisso selado antes mesmo de ser eleito, o vereador continuará na Câmara Municipal, o que não o impedirá de apoiar outras candidaturas.

“Para superar as dificuldades, mais do que nunca precisamos unir forças, afinal todos querem o melhor para o Acre. A polarização entre situação e oposição só tem causado rivalidade e ódio. Isso não nos leva a algo.”, conclui.

 

Assessoria

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.