Em ato solene, vereador Jakson Ramos entrega moção de aplauso para o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase

por Juliana Queiroz publicado 29/06/2018 13h45, última modificação 29/06/2018 13h45

A Câmara Municipal de Rio Branco, realizou na manhã desta quarta-feira, 27, um ato Solene de autoria do vereador Jakson Ramos (PT), ao Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase, esteve presente a diretoria e membros do MORHAN e Secretaria Municipal de saúde de Rio Branco, o ato foi em prol do combate a Hanseníase, que irá do dia 25 à 29 de junho.

Morhan é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 6 de Junho de 1981. Suas atividades são voltadas para a eliminação da Hanseníase, através de atividades de conscientização e foco na construção de políticas públicas eficazes para a população.

"O ato Solene teve como o objetivo trabalhar políticas públicas para combater a Hanseníase, estarei destinando emendas para que juntos possamos estar lutando, assim vamos garantir respeito aos Direitos Humanos das pessoas atingidas pela hanseníase e seus familiares.", destacou o parlamentar.

A coordenadora estadual, fundadora do movimento no Acre, Terezinha Prudêncio, relatou sobre as dificuldades enfrentadas pelo movimento e o quanto o Morhan vem ajudando as pessoas atingidas pela doença, "Tivemos uma reposta muito positiva quanto ao trabalho, seja na ajuda com o tratamento, seja no acolhimento e no combate ao preconceito por parte de uma sociedade que não tem conhecimento sobre as formas de contagio e tratamento da hanseníase", destacou.

O parlamentar Jakson Ramos, destacou os avanços que já foram garantidos por parte do governo e o quanto se tem por fazer pelo movimento.
“Em 2007, o então senador Tião Viana, apresentou um projeto de lei para que as pessoas que ficaram com sequelas por conta da hanseníase, recebam um benefício por parte do Governo Federal, no Acre temos 700 beneficiários e mais de 10.000 em todo o país. Agora, a principal luta do movimento é para que os filhos que foram separados dos pais recebem por parte da federação uma reparação por tudo que passaram vivendo longe de seus pais.” encerrou.

 

Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.