Dankar e Rotary firmam parceria no Farmácia Solidária

por Victor Augusto Farias publicado 14/03/2019 14h02, última modificação 14/03/2019 14h02

Uma das entidades procuradas pelo vereador de Rio Branco, Mamed Dankar (PT) logo no início da elaboração do Projeto de Lei “Farmácia Solidária”, foi o Rotary Club na pessoa da presidente na época, Elaine Ruiz, juntamente com Caritas.

Em seu gabinete, o vereador recebeu a governadora do Rotary na Amazônia, Lucy Queiroz, a assistente da governadoria Elaine Ruiz, a presidente da Casa da Amizade e sócia do Rotary Club – Novas Gerações, Adelqui Regina, a presidente eleita do Rotary Club – Galvez, Katia Castro, o governador assistente eleito, Isaias Junior e Victor Augusto, ambos do Rotary Club – Penapólis.

Na oportunidade o parlamentar apresentou o projeto aos demais membros e clubes de Rotary, que a lei foi aprovado e que gostaria que a entidade fosse a mediadora e gerenciadora das demandas da população, assim como outras entidades que ele fará o contato.

“Esse projeto foi aprovado e sancionado há uma ano. Esse tipo de ação poderá ser executado pelo poder publico municipal, assim como deve ser realizado com as entidades como o Rotary Club, que já possui um nome e um contato com a população carente ou em situação de vulnerabilidade, pois se isso sair por nosso gabinete, poderá afastar as pessoas achando que se trata de uma ação politiqueira e não queremos isso. Queremos ajudar a população que não tem condições de manter sua medicação”, disse Dankar.

O projeto Farmácia Solidária tem o objetivo de coletar medicação que a população não utiliza mais e que esteja dentro da validade, e possam ser utilizado por pessoas de baixa renda e que não possuem a possibilidade de comprar. Toda a medicação passará por uma triagem e entregue mediante apresentação a receita médica.

“Esse é um projeto de grande valor para nossa comunidade. Achamos de muito bom gostos a proposta do vereador e uma grande ferramenta para que nossa entidade possa auxiliar ainda melhor a população. Em nossos clubes possuímos profissionais da saúde, realizamos atendimentos médicos e na realização das atividades poderemos ajudar a quem precisa sem gastar nada do seu bolso. E também poderemos utilizar nossa sede como ponto de referencia a quem precisar da Farmácia Solidária”, destacou Lucy.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.