Câmara recebe superintendente da RBTRANS para tratar sobre demandas da população

por Victor Augusto Farias publicado 28/02/2019 21h23, última modificação 28/02/2019 21h23

Atendendo a um requerimento do vereador Emerson Jarude (sem partido), a Câmara de Rio Branco recebeu na quinta-feira, 28, durante a sessão ordinária, o superintendente Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS), Nélio Anastácio de Oliveira.

Ao dar início à sessão, o presidente do parlamento municipal, vereador Antônio Morais (PT) frisou que a presença do gestor na Casa tinha por objetivo tratar demandas da população.  “O foco desse encontro é passar ao superintendente da RBTRANS alguns questionamentos levantados pela população”, disse.

Entre os pontos suscitados pelos parlamentares cita-se a qualidade do serviço no estacionamento rotativo, conhecido como Zona Azul, a fiscalização e multas aplicadas pelo órgão, a regulamentação da Lei dos Aplicativos. No que diz respeito às empresas de transporte da capital, os vereadores questionaram a falta de acessibilidade para os cadeirantes, os assaltos ocorridos nos coletivos, aumento da passagem de ônibus, a possibilidade de aumento das linhas e a qualidade das frotas.

 O superintendente da RBTRANS, ao dispor da fala, esclareceu que o órgão tem buscado atender as necessidades da população. “Estamos atentos às demandas do povo e mesmo diante de muitas dificuldades e problemas, temos buscado resolver todos”.

No que diz respeito ao estacionamento rotativo, Nélio pontua que a RBTRANS tem sido firme na fiscalização. “Diariamente chegam até nós muitas reclamações acerca do serviço. Estamos sendo bastante firmes com relação a fiscalização. Se o parquímetro não funciona, cobramos o conserto, se houver problemas no atendimento, cobramos melhora aí também”, disse ao citar ainda que recentemente, por determinação judicial, a empresa responsável pelo estacionamento rotativo foi obrigada a adotar medidas para devolver o tempo não utilizado pelos usuários do serviço. “Estamos fazendo diligências constantemente no sentido de melhorar a qualidade do serviço ofertado. Talvez a resposta não seja tão rápida quanto deseja a população, mas é bom deixar claro que não estamos inertes frente as reclamações”.

Com relação às multas aplicadas pela RBTRANS, o superintendente falou que o órgão age dentro da lei. “Não estamos agindo arbitrariamente. Nada é feito de forma irregular. Fiscalizamos, conforme nossa prerrogativa, e se identificado algo irregular, agimos de conformidade com que nos é permitido. Quanto essa questão de que a RBTRANS estaria aplicando multas irregularmente, não existe. Todos os nossos agentes estão devidamente identificados e só agem diante de uma ação arbitrária”, falou.

Quanto às empresas de transporte da Capital, Nélio falou que o órgão tem buscado um diálogo no sentido de melhor o serviço junto à população. “Esse é um diálogo que nunca acaba. Nosso propósito é sempre buscar a qualidade do serviço aos usuários. Estamos, inclusive, debatendo mudanças no modal de transporte de Rio Branco. Será positivo. Quanta a falta de acessibilidade para os cadeirantes, nossa orientação é sempre que a empresa oferte o que é devido. Acessibilidade é fundamental e constantemente cobramos isso das empresas de ônibus. Se for necessário a substituição do veículo, então que ocorra”.

Disse mais: “Os assaltos aos ônibus têm sido constantes, porém, essa é uma questão que vai além da gente. Segurança Pública é um assunto tratado a nível de Estado. Somos tão vítimas quanto os passageiros. Mas, deixo aqui o esclarecimento que estamos junto a Secretaria uma forma de proporcionar segurança aos usuários do Transporte público”.

Ao comentar sobre a passagem do superintendente da RBTRANS pelo parlamento municipal, o vereador Emerson Jarude considerou positiva. “Foi um debate positivo, uma vez que todos os parlamentares puderam passar diretamente ao Nélio as demandas que lhes foram apresentadas pela população. Em foi objetivo, enfático e respondeu a todos os questionamentos, além de demonstrar boa vontade em solucionar os problemas”, finalizou. (Ascom CMRB)

 

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.