Câmara discute Projeto da LDO 2019

por Câmara Municipal de Rio Branco publicado 11/05/2018 14h15, última modificação 14/05/2018 13h21
Câmara discute Projeto da LDO 2019

Câmara discute Projeto da LDO 2019

 

A Câmara de Rio Branco realizou na manhã desta sexta,11, a quinta audiência públicas para discutir o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) 2019.

De autoria do vereador Rodrigo Forneck (PT), a Câmara realizou debates com secretários municipais, vereadores e população a respeito do planejamento orçamentário para o ano de 2019. Alguns pontos foram questionados por vereadores, como número de vagas em creches, leis que ainda não entraram em vigor entre outros.

"Alguns pontos colocados pelos secretários precisam ser revistos, como o número de creches anunciados e o que diz na planilha, o programa de asfaltamento com ciclovias e calçadas é muito pouco. na parte de tecnologia tem o projeto de lei para acompanhamento das obras que foi aprovado e ainda não implantado, e até mesmo o próprio instituto de tecnologia não possibilitou melhoria na informação", disse o vereador Emerson Jarude (PSL).

O presidente da Associação Rural da Transacreana, Raimundo Sousa, questionou a projeção de melhorias de ramais.

"O apresentado pela prefeitura não condiz com a realidade, pois eles tem planejado o acesso de trezentos quilômetros, sendo que temos quase setecentos precisando de atenção, pois cem por cento deles apresenta quase que nenhuma trafegabilidade, o que nós leva a recorrer a escoamento pelo rio, que também precisamos de apoio do poder municipal", afirmou Raimundo.

Para o secretário de finanças da prefeitura, Marcelo Macedo, a audiência serve para ajustes de propostas.

"Por meio da audiência publica, nós iremos verificar a compatibilidade do que ode ser ajustado, pois trabalhamos conforme a disponibilidade de recurso e valores cobrados pelo mercado, além de avaliarmos com a proporção da inflação prevista para o ano.
Mas sempre buscamos colocar um planejamento que contemple a população o mais satisfatório possível", declarou Marcelo.

 

 

Victor Augusto - Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.