Câmara aprova projeto que institui Política de Prevenção à Violência contra Educadores

por Juliana Queiroz publicado 11/12/2017 18h52, última modificação 11/12/2017 18h52

O projeto que é de autoria do vereador Railson Correia (Podemos), irá oferecer uma proposta de política de prevenção às agressões físicas e morais por que vêm passando os educadores.

A violência nas escolas se delineia como uma problemática que chama a atenção da sociedade, considerando-se a cobertura da mídia e a crescente produção acadêmica sobre o tema. Cada vez mais repercute a idéia de que as escolas estão se tornando territórios de agressões e conflitos.

Notícias sobre homicídios e uso de armas em estabelecimentos de ensino surgem em diversas partes do Brasil e de outros países, intensificando a percepção de que a escola deixou de ser um território protegido.

"O objetivo central será estimular a reflexão acerca da violência física e moral cometida contra educadores, no exercício de suas atividades acadêmicas e educacionais nas escolas e comunidades assim como também implementar medidas preventivas, cautelares e punitivas para situações em que educadores, em decorrência do exercício de suas funções, estejam sob risco de violência que possa comprometer sua integridade física e moral", afirma o vereador.

 

Juliana Queiroz / Ascom - CMRB

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.