Câmara aprova projeto que Institui o Programa Municipal de Segurança Aquática

por Juliana Queiroz publicado 06/12/2017 17h20, última modificação 06/12/2017 17h20

A autora da propositura é a vereadora Elzinha Mendonça (PDT), o projeto estabelece ações de divulgação e prevenção visando a segurança dos banhistas e praticantes de atividades aquáticas nos rios, igarapés, açudes e em estabelecimentos com piscina e similares, é o que afirma a parlamentar sobre o PL, aprovado na manhã desta quarta-feira, 6.

"O objetivo é realizar campanhas educativas, informativas e de alerta para que as pessoas tomem cuidado com os rios, igarapés, açudes e piscinas e que não se pode misturar bebida alcoólica com lazer aquático, sob pena de pagar com a própria vida", encerrou.

Elzinha ainda destacou que com a chegada do verão, as altas temperaturas e as formações de pequenas praias às margens dos rios chamam a atenção dos banhistas, que não se preocupam com os riscos de acidentes fatais. "De acordo com o Corpo de Bombeiros 31 (trinta e uma) pessoas morreram por afogamento no estado. Na capital foram registrados 8 (oito) óbitos de pessoas que se arriscaram a nadar no rio Acre" disse.


Juliana Queiroz / Ascom - CMRB

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.