Câmara aprova projeto que dispõe sobre a afixação de placas com o número do Disque Denúncia da Violência Contra a Mulher

por Juliana Queiroz publicado 23/11/2017 12h35, última modificação 23/11/2017 12h35

O projeto de lei de autoria da vereadora Elzinha Mendonça (PDT), dispõe sobre a obrigatoriedade de afixação de placas com o número do Disque Denúncia da Violência Contra a Mulher - Disque 180, tem como objetivo salvar vidas, proteger as famílias e garantir a prática de atividades de lazer saudável.

"A proposta é realizar campanhas educativas, informativas e de alerta para que as pessoas tomem cuidado com os rios, igarapés, açudes e piscinas e que não se pode misturar bebida alcoólica com lazer aquático, sob pena de pagar com a própria vida", destaca a vereadora.

Em seu argumento a parlamentar relata que de acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade - SIM do Ministério da Saúde a taxa de violência contra a mulher no Acre está bem acima da média brasileira.

"Consideramos essa uma grande vitória em defesa da mulher e da luta contra a violência, tendo e vista que apesar de vários instrumentos de combate, ainda assim, a taxa de violência contra a mulher no Acre está bem acima da média brasileira. As vítimas dessa violência, principalmente nos casos de homicídios são, em sua maioria, negras e jovens. Mesmo com o aumento do número de denúncias muitas mulheres desconhecem o Disque 180, daí a relevância do Projeto", encerrou. 


Juliana Queiroz / Ascom - CMRB

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.