Após denuncia de Roberto Duarte, Ministério Público abre procedimento para apurar novo horário da OCA

por Juliana Queiroz publicado 24/04/2018 11h53, última modificação 24/04/2018 11h53
O vereador de Rio Branco, Roberto Duarte (MDB), protocolou denuncia no Ministério Público na ultima quinta-feira, 19, e nesta segunda-feira, 23, foi publicado na edição eletrônica do Diário Oficial do Ministério Público Estadual do Acre (MP/AC) a Portaria nº 0007/2018, assinada pela promotora de Justiça de Defesa do Consumidor, Alessandra Garcia Marques, para instauração de procedimento preparatório de inquérito civil e a ação civil pública, a fim de apurar a redução do horário de funcionamento da OCA (Organização em Centros de Atendimento) de Rio Branco.
Roberto Duarte também é autor de uma Ação Popular que tem como objetivo a volta do antigo horário de funcionamento do órgão. Segundo ele, os prejuízos vão além do atendimento.
“Fizemos uma pesquisa de satisfação em frente à OCA, ouvimos mototaxistas, taxistas, comerciantes e usuários do órgão para entender quais são os prejuízos causados pelo novo horário e pude entender que a OCA movimenta o centro da cidade, portanto, os prejuízos vão além do atendimento”, disse Roberto Duarte.
Assessoria
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.